Manuscritos da Livraria

Description level
Collection Collection
Reference code
PT/TT/MSLIV
Title type
Atribuído
Date range
1280 Date is certain to 1900 Date is certain
Dimension and support
c. 2300 liv.; papel
Custodial history
A colecção Manuscritos da Livraria foi formada pelo guarda-mor António Nunes de Carvalho (1836-1838), maioritariamente a partir da documentação vinda do depósito do Convento de São Francisco de Lisboa, aí reunida após a extinção das ordens religiosas. Esta documentação terá sido reunida ao conjunto composto por obras pertencentes ao Visconde de Santarém (guarda-mor da Torre do Tombo) e pela documentação por ele produzida e reunida (c. de 50 vol.). Alguma da documentação do Arquivo das Congregações (integrado no ANTT, em 20 de Agosto de 1930) veio também engrossar esta colecção. Durante o século XX foram integrados muitos outros manuscritos que foram dando entrada na Torre do Tombo de forma dispersa.

Apesar das múltiplas proveniências da documentação, estão já identificadas a Real Mesa Censória, a Cartuxa de Évora, os conventos e mosteiros de Nossa Senhora da Graça de Lisboa, de São Vicente de Fora de Lisboa, de São Francisco de Xabregas, de São Bento de Xabregas, de Santa Maria de Belém, de Santa Maria de Alcobaça, de São José de Ribamar, de Santo António de Lisboa, do Espírito Santo de Lisboa, de São Teotónio de Viana, da Congregação do Oratório e do Colégio de Campolide, entre muitas outras.

A identificação da proveniência é um trabalho ainda a realizar para a maioria dos volumes que constituem esta colecção.

Em 1996 a 26 de Março, no âmbito do protocolo celebrado entre os AN/TT e a Biblioteca Nacional e homologado pelo ministro da Cultura, foi entregue à Biblioteca Nacional os livros Manuscritos da Livraria 2274 e 771.

Aos 20 de Março de 2007 foi entregue à Biblioteca Nacional o Manuscrito da Livraria nº 2266 "Sonetos, poesias e cartas de Antero de Quental".
Acquisition information
Parte dos volumes (designadamente os últimos 150 volumes) foram objecto de diferentes formas de aquisição, compra directa ao proprietário ou em leilão, ou ainda por doação à Torre do Tombo, entre os anos de 1918 e 1992, com maior incidência a partir de 1972. Alguns volumes foram adquiridos pela Biblioteca Nacional e de seguida enviados à Torre do Tombo.
Scope and content
Esta colecção é constituída por manuscritos de dois tipos distintos: os que assumem as características de espécies de biblioteca (unidade bibliográfica, contendo texto ou obra, científica ou literária de conteúdo unitário e que constitui uma unidade independente), e os que são claramente documentos de arquivo (produzidos, recebidos e conservados por uma instituição ou pessoa no exercício das suas competências ou funções).

Estes manuscritos constituem-se mais frequentemente em:

- livros manuscritos (códices que apresentam uma unidade física e intelectual; entendido como produto intelectual de um autor, organizado de forma estruturada, clara e inteligível);

- códices factícios (constituídos por conjuntos de documentos originariamente independentes, mas fisicamente reunidos numa mesma encadernação, sendo frequentemente compostos por documentos de arquivo descontextualizados e reunidos numa fase posterior à sua produção, por razões alheias ao seu processo de formação e obedecendo por vezes a critérios de agregação pouco coerentes);

- miscelâneas ("códices" constituídos por vários textos, com ou sem ligação temática entre si).

O primeiro conjunto é o mais vasto em número de volumes sendo de diversos géneros literários e sobre os mais diversificados assuntos e temas. É importante referir que apesar de isoladamente, unidade a unidade, poderem ser descritas como unidades bibliográficas, são em última análise unidades arquivísticas porque originalmente faziam parte dos processos de requerimento para obtenção de licença para impressão, série integrante do fundo Real Mesa Censória, da qual foram desintegrados. Da mesma proveniência e tendo sofrido as mesmas vicissitudes, são os catálogos de livrarias particulares, quer de indivíduos, quer de instituições religiosas, e as listas de livros proibidos pela Real Mesa Censória.

Um número muito significativo são obras de carácter eclesiástico e de vivência religiosa: regras e constituições de ordens religiosas, direito canónico, sermões, orações, vidas de santos, crónicas conventuais, etc.

São também muitas as obras de poesia , e peças de teatro (tragédias e comédias), textos apologéticos em a defesa de algo ou de alguém, obras sobre o direito, leis e justiça, e filosofia. Menos frequentes são os textos de carácter técnico e científico, encontrando-se algumas obras de medicina. Em maior número surgem os livros relacionados com o ensino, textos didácticos em especial sobre aritmética, português, ortografia, gramática. Neste âmbito não faltam os dicionários e alguns estudos sobre línguas estrangeiras.

A história, a genealogia, a heráldica, as biografias e memórias, e as crónicas, são temas muito frequentes entre estes manuscritos, a par de alguns romances , alguma literatura de viagens, e alguns raros exemplos de autores clássicos gregos e latinos. Já os volumes dedicados à economia, ao comércio e à industria existem em pequena quantidade.

O segundo conjunto de dimensão mais reduzida em número de volumes (c. 300 vol.) tem uma descrição sumária, muitos deles intitulados de miscelâneas, sem pormenorização ou informação genérica do conteúdo. Neste conjunto encontra-se muita correspondência de carácter diplomático, sendo possível indicar os nomes de D. Luís da Cunha, José da Cunha Brochado, Diogo de Mendonça Corte Real, D. João de Cosme da Cunha e Távora (Cardeal da Cunha), Marquês de Abrantes (?), Pedro da Costa de Almeida Salema, D. João Xavier Telles de Castro (Conde de Unhão), Marco António de Azevedo Coutinho.

Existe também alguma documentação relativa ao governo e administração do reino, como despachos dirigidos ao Conde de Oeiras, ou cartas dos governadores da província do Alentejo a D. João IV, e do período filipino, e sobre a administração de territórios ultramarinos, em especial o volume do Orçamento do Estado da Índia, datado de 1574. Há documentação referente a questões de política interna, como sejam o abandono da regência por parte de D. Catarina, ou a deposição de D. Afonso VI.

Em relação aos cartórios conventuais é notória a presença, nesta colecção, de copiadores de correspondência, livros de capítulos gerais, registo de entrada de noviços, inventários de bens, registos de óbitos, de receita e despesa, compromissos e estatutos de confrarias e irmandades.

Dos documentos recolhidos, copiados e compilados pelo Visconde de Santarém, é de referir que abrangem um vasto período da história de Portugal, incidindo nas suas relações diplomáticas com as nações europeias, no tocante ao ambiente político-diplomático europeu, e às questões dos territórios ultramarinos. Existem também, da mão do visconde de Santarém, documentos preparatórios das suas obras sobre política, diplomática e direito português.
Subject
Astronomia
Arrangement
Volumes numerados sequencialmente, mas apresentando lacunas na numeração, resultantes dos volumes retirados para outros fundos.
Access restrictions
Alguma documentação está sujeita a restrições de consulta.
Conditions governing use
Constantes no regulamento interno que prevê algumas restrições tendo em conta o tipo dos documentos, o seu estado de conservação ou o fim a que se destina a reprodução de documentos, analisado, caso a caso, pelo serviço de reprografia, de acordo com as normas que regulam os direitos de propriedade do IAN/TT e a legislação sobre direitos de autor e direitos conexos.
Other finding aid
Guias e Roteiros:

PORTUGAL. Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo. Direcção de Serviços de Arquivística - "Manuscritos da Livraria". in Guia Geral dos Fundos da Torre do Tombo: Colecções, Arquivos de Pessoas Singulares, de Famílias, de Empresas, de Associações, de Comissões e de Congressos. Coord. Maria do Carmo Jasmins Dias Farinha [et al.]; elab. Joana Braga; fot. José António Silva. Lisboa: IAN/TT, 2005. vol. VI. (Instrumentos de Descrição Documental). ISBN 972-8107-69-2. p. 25-30. Acessível na Torre do Tombo, IDD (L 602/6).

Catálogos:

PORTUGAL, Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo Catálogo de documentação referente à Índia - State Papers. Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, (L 500).

HENRIQUES, Afonso - Manuscritos do Brasil, sumários. [Manuscrito]. [1925]. Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, Portugal (C 3). Documentação referente ao Brasil.

PORTUGAL, Torre do Tombo - Manuscritos da Livraria. [Manuscrito]. [s.d.]. Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, Portugal (C 520 a 528 G). Não abrange

a totalidade da documentação. Catálogo numérico/topográfico

PORTUGAL, Torre do Tombo - Manuscritos da Livraria. [Manuscrito]. [s.d.]. Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, Portuga (C 529 a 539). Com o título Miscelâneas Manuscritas. Algumas das descrições são referentes a obras impressas ( Série Preta da Torre do Tombo). Não abrange a totalidade da documentação. Catálogo alfabético de autores e assuntos

PORTUGAL, Torre do Tombo - Catálogo alfabético de autores e assuntos. Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, Portugal (F 40). Não abrange a totalidade da documentação.

PORTUGAL, Torre do Tombo - Manuscritos diversos Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, Portugal (C 519A)

PORTUGAL. Torre do Tombo - TTOnline [em linha]. Lisboa: IAN/TT, 2005- . [consult. 29 Dez. 2006]. Actualização diária. Manuscritos da Livraria. Disponível em http://ttonline.iantt.pt.
Alternative form available
Portugal, Torre do Tombo, Cópia de consulta em microfilme de alguns documentos e volumes.
Related material
Relação complementar: Portugal, Biblioteca Nacional, colecção de Códices; Portugal, Torre do Tombo, Colecção de São Vicente (PT-TT-CSV); Portugal, Torre do Tombo, Miscelâneas Manuscritas (PT-TT-MMS); Portugal, Torre do Tombo, Real Mesa Censória (PT-TT-RMC);
Publication notes
BAIÃO, António Eduardo Simões - O Visconde de Santarém como guarda-mor da Torre do Tombo: additamento ao estudo publicado neste "Boletim" de 1908, p. 146. In Boletim das Bibliotecas e Archivos. Coimbra: Imprensa da Universidade. Nº 3 (1910). P. 233-276 - Descrição de parte dos documentos pertencentes ao Visconde de Santarém.
BAIÃO, António Eduardo Simões - O Visconde de Santarém como guarda-mor da Torre do Tombo. In "Boletim das Bibliotecas e Archivos". Coimbra: Imprensa da Universidade. Nº 2 (1908). p. 146-202
BAIÃO, António Eduardo Simões - O Visconde de Santarém como guarda-mor da Torre do Tombo: additamento ao estudo publicado neste "Boletim" de 1908. In "Boletim das Bibliotecas e Archivos. Coimbra: Imprensa da Universidade." Nº 3 (1910). p. 146.
BAIÃO, António Eduardo Simões - O Visconde de Santarém como guarda-mor da Torre do Tombo. Coimbra: Imprensa da Universidade, [s.d.].
CLUNY, Isabel - D. Luís da Cunha e a ideia de diplomacia em Portugal. Lisboa: Livros Horizonte, 1999. ISBN 972-24-1072-5
CUNHA, D. Luís da - Instruções inéditas de D. Luís da Cunha a Marco António de Azevedo Coutinho. rev e pref. Pedro de Azevedo e António Baião. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1929.
CUNHA, Luís da; SILVA, Abílio Dinis da, trad. - Instruções políticas. 1 ed.. Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 2001. ISBN 972-787-062-7.
DIAS, João José Alves, pref., transc. ; MARQUES, A. H. de Oliveira, introd. e rev.; RODRIGUES, Teresa Maria Ferreira, rev. de matriz; DUARTE, Dom, Rei de Portugal, autor incerto - Livro dos conselhos de el-rei Dom Duarte [ou] livro da Cartuxa. Ed. diplomática. Lisboa: Estampa, 1982.
MATOS, Artur Teodoro de, pref.; ABREU, Fernanda, pseud., revisor; PINHEIRO, Luís da Cunha, rev. - O orçamento do Estado da Índia 1571. 1ª ed.. Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1999. (Fontes). ISBN: 972-8325-87-8
SANTARÉM, Visconde de; SILVA, Rebelo da, co-autor; LEAL, José da Silva Mendes, co-autor - Quadro elementar das relações políticas e diplomáticas de Portugal com as diversas potências desde o princípio da monarquia portuguesa até aos nossos dias. Pariz : J. P. Aillaud, 1842-1860. 18 v.
SANTOS, Isaú - Macau e o Oriente nos Arquivos Nacionais Torre do Tombo. [s.l.]: Instituto Cultural de Macau, 1995. p. 38-48. ISBN 972-35-0202-6 [Existente na TT: S.V. 115/97]
SILVA, Albertina Marques da; MARTINS, Lígia de Azevedo; REI, Maria da Luz Nogueira; BARATA, Paulo J. S. - A aplicação da SIPORbase: uma proposta de indexação do manuscrito e do livro antigo. In "Cadernos BAD". Lisboa: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas. ISSN 0007-9421. Nº 2 (1995), p. 9-18. [Deste artigo foram extraídas as definições de livro manuscrito, códice factício e miscelânea].
FERREIRA, Teresa Duarte - Catalogação de manuscritos: a experiência da Biblioteca Nacional, Lisboa. In "Cadernos BAD". Lisboa: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas. ISSN 0007-9421. Nº 2 (1993), p. 75-90.
FERREIRA, Teresa A. S. Duarte - Guia da colecções de manuscritos da Divisão de Reservados. In "Revista da Biblioteca Nacional". Lisboa: B.N.. S. 2, vol. 3, nº 1 (1988). P. 95-129.
PORTUGAL. Biblioteca Nacional. Catálogo da colecção de códices: COD. 851-1500. Introd., catalog., e índices Paulo J. S. Barata. Lisboa: BN, 2001. 424 p. ISBN 972-565-263-0
Descrição revista e completada por Maria do Carmo Dias Farinha e por Clara Carvalho.
Notes
Nota ao campo datas: Documentação dos séc. XVI-XIX.

Nota ao campo âmbito e conteudo: Alguns volumes que inicialmente fizeram parte desta colecção, foram já integrados nos fundos ou colecções de origem, tais como:

Colecção de São Vicente (1 vol.),

Conselho Geral do Santo Ofício (410 vol.),

Inquisição de Coimbra (3 vol. ),

Inquisição de Lisboa (1 vol.),

Inquisição de Évora (1 vol.),

Mesa da Consciência e Ordens (5 vol.),

Ordens militares (6 vol.),

Manuscritos do Brasil (1 vol.).
Creation date
17/07/2009 00:00:00
Last modification
04/08/2015 13:22:52